sábado, 16 de outubro de 2010

CRONICAMENTE INVIÁVEL?...


Terrível como a campanha pra presidente (e as eleições no geral) mergulhou com tudo no que há de mais retrógrado do pântano do moralismo religioso. Hoje, mais do que a corrupção é a bajulação de setores religiosos organizados e de crentes em geral que dá o tom do que se propõe para esse país. Todos os candidatos capitularam a esse cinismo. Adeus estado laico! Todo o resto fica como pano de fundo, meio que sem importância, escondido, envergonhado. Nada de debates sobre modelos de desenvolvimento e de sociedade!  O debate sobre a agenda do processo civilizador fica a margem, como tabus: casamento homossexual, aborto, idem, pesquisa genética e reforma agrária... e por ai vai. Lula fez quase um milagre (!) de conseguir governar esse país e terminar seu mandato!!! E por uns momentos acreditei que tínhamos avançado um pouco em relação ao conservadorismo, triste engano, somos uma sociedade tradicionalista e, quiçá, reacionária... Confesso, queria posar de indiferente a tudo isso, mas não consigo!

Bem, ninguém pode engolir Sérgio Bianchi sem alguma mínima mediação, mas tem hora que dá tanta raiva de tudo que só ele:


E como trilha sonora,  Aphrodelics e Toscque peguei emprestado de Surplus: Terrorized into Being Consumers


Aproveitem, "porque hoje é sábado e amanhã não gosta de ver ninguém bem" (VM)

e eu que só queria um suricato...



Nenhum comentário:

Postar um comentário