domingo, 12 de dezembro de 2010

O Espírito do Natal: A Vida de Brian


Há pouco dias das refastelanças natalícias meu coração fica repleto de considerações sobre a transcendência. Em frente ao mar de Intermares não poderia deixar de ficar tocado pela profundidade de um enebriante "sentimento oceânico" ao pensar em toda Graça presente em cada ser humano, animalzinho e folhinha levada pelo vento. Ah, o Natal, sempre o natal...

A seguir, a mensagem de Natal do blog, dessas difíceis de ouvir em tempos tão politicamente corretos e... chatos. Monty Python: A Vida de Brian

Nenhum comentário:

Postar um comentário