quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Um Lugar ao Sol (2009)


Antes de tudo, deve ser correto na etiqueta da blogosfera desculpar-se pelo sumiço. Não exatamente por estar muito ocupado, pois ainda estou de férias, sobretudo porque pensei em mil coisas pra postar aqui e não tive coragem de mover um músculo pra tanto.
Talvez tenha me excedido no entusiasmo em relação ao último post. Tanto é que relendo-o modifiquei o título, colocando uma interrogação entre parênteses depois da exclamação original. O fiz depois de assistir ao documentário Um Lugar ao Sol de Gabriel Mascaro. 
Antes de soltar fogos pela decolagem econômica do Brasil junto aos BRICs é preciso se permitir uma análise mais aproximada da equação que permite que sejamos a 8ª economia do mundo e, simultaneamente, o 10º país mais desigual de acordo com a ONU.
Ao contrário do que pode vir à mente ao pensar em um documentário sobre a realidade sócio-econômica brasileira, Um Lugar ao Sol, não é mais um documentário sobre a pobreza e pobres brasileiros. Ao contrário, ele inova ao mostrar como pensam e vivem... os ricos, ou melhor, os muuuuuuuuito ricos!
É notório como a Sociologia e, sobretudo a Antropologia, têm dificuldades em adentrar ao mundo da riqueza. A pobreza sempre foi o ambiente no qual estas ciências sempre se sentiram mais a vontade. Não é pra menos, os pobres sempre foram acessíveis, em parte na esperança de ajuda vinda de integrantes de estratos sociais mais favorecidos interessados em seus modos de vida.
Assim é que o universo da riqueza em grande medida ficou fora da perspectiva científica, a não ser que tomada de forma indireta, como através dos estudos de gostos e práticas culturais, como também, os estudos sobre consumo. Frequentemente o que os não ricos sabem sobre o que é ser rico vem da arte, sobretudo do cinema e literatura.
Mas o que pensam mesmo os ricos, que por acaso mandam em todo o resto? Disso pouco sabemos, apenas intuímos, fundados, claro, em um mar de preconceitos.
Um grande mérito do documentário de Gabriel Mascaro é fornecer elementos simbólicos para elaboração de uma antropologia da riqueza.

Sinopse via Laranja Psicodélica (com link para download)

Um Lugar ao Sol é um documentário que reúne depoimentos de moradores de luxuosas coberturas de Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. O diretor conseguiu acesso aos moradores através de um curioso livro que mapeia a elite e pessoas influentes da sociedade brasileira. No livro, foram catalogados 125 donos de coberturas. Desses, apenas 8 cederam entrevista. O documentário oferece um rico debate sobre desejo, visibilidade, altura, status e poder. É um filme que reflete sobre a classe dominante brasileira e a verticalização das cidades, abordando o imaginário sócio-cultural de um grupo pouco problematizado na cinematografia nacional.

DADOS DO ARQUIVO
Diretor: Gabriel Mascaro
Áudio: Português
Duração: 71 min.
Qualidade: DVDRip (AVI)
Tamanho: 753 MB



Dica de filme: Beatrix. Valeu, mais uma!

Nenhum comentário:

Postar um comentário