domingo, 22 de maio de 2011

Circular, Escola Técnica e um cartaz de Midnight Cowboy


Fortaleza, uns vinte anos atrás, ou um pouco mais. Passava no Circular em frente a uma locadora de vídeo que ficava logo ali, vizinha ao bosque do Hospital Militar na av. Desembargador Moreira. Sempre que passava por ela durante os anos que fui aluno da Escola Técnica, via um grande cartaz do filme Midnight Cowboy (1969) colado quase no centro da vitrine. Nele destacava-se a cena de John Voight em primeiro plano, no lado direito, com Dustin Hoffman quase como uma sombra, talvez a intenção da trama, mais discreto à esquerda.
Passava por lá dia após dia e por algum motivo, o cartaz me capturava o olhar, mesmo que por alguns segundos e pensava um algo qualquer que hoje não consigo mais precisar sobre aquela cena. E o ônibus seguia.
Os dias foram passando, meses e mesmos os anos e de repente, o tempo de Escola Técnica, também, e aquele cartaz de alguma forma enigmático, do filme que nunca assistira, foi-se amarelando, ou azulando, não sei bem, sou daltônico. E foi dessa forma, com o cartaz já furta-cor, pálido, que um dia a locadora fechou, e sem que visse, desapareceu assim, de uma hora para outra. Com o fim da era da locação de VHS e DVDs...
Nunca mais pensei sobre o tal cartaz ou de minhas passagens por aquele lugar nas maçantes viagens de Circular e das tantas coisas que acompanhavam meus pensamentos naquele momento. Sequer voltei a pensar no próprio filme que nunca assistira. Até que, por acaso, por esses dias, assistindo a MTV aqui em casa vi um quadro que se chama, “Não Tem Clipe, Mas é Legal!” e estava tocando exatamente a música tema do filme, Midnight Cowboy (John Barry). Pura memória auditiva de infância quando ouvia ao som de Paul Mauriat. Pathos instantâneo. Me vi naquele último banco do ônibus voltando da aula num final de noite quente, tipicamente fortalezense, parado no engarrafamento.
Vou baixar Midnight Cowboy...


Abaixo seguem as duas versões da música. Curtam! 
O domingo já era e tudo que podia ter acontecido já aconteceu, mesmo tendo ficado mais um pouquinho como sugere Tulipa Ruiz. 
Hora de ir.  


Boa semana a todos!



Nenhum comentário:

Postar um comentário