domingo, 20 de novembro de 2011

Pessoal do Ceará 5: Fagner e Cidadão Instigado




Acabei de ver no EU OVO, blog obrigatório pra tripulação da Discovery, o surpreendente encontro entre Fagner e Cidadão Instigado, realizado no SESC-SP. Sempre achei a fase "Orós" de Fagner extremamente pulsante, suas combinações de imagens, cores e sensações quase psicodélicas, como se o Sol queimasse nossa nuca, e padecêssemos, como se nossa garganta estivesse seca por uma outra vida... às margens de um açude gigantesco com cores entre Tarsila do Amaral, Van Gogh... sob um céu de Chagall...
Além de tudo, uma música seminal, referência para uma infância quase esquecida, numa Fortaleza setentista que buscava saber qual era sua cara. Muito provavelmente, "Cebola Cortada" me fez criar o gosto pelas viagens através de um fantástico sertão-mar sem fim que carrego, árido-úmido, dentro do peito.
Peguem todo esse turbilhão poético-musical, somem a inquieta e desconcertante verve criativa do Cidadão Instigado e temos a realização de uma promessa que toda essa música já trazia a quase quarenta anos...
Podem falar o que quiserem de Fagner. Não gostar dele é lugar comum. Mas já é um clássico...
Curtam!







Nenhum comentário:

Postar um comentário