quinta-feira, 24 de novembro de 2011

POEIRA(poesia) ESTELAR

"O incrível é que, cada átomo de seu corpo, veio de uma estrela que explodiu e os átomos em sua mão esquerda provavelmente vieram de uma estrela diferente, da dos átomos de sua mão direita. Essa é realmente a coisa mais poética que eu conheço sobre física: vocês são todos poeira de estrelas. Vocês não poderiam estar aqui se as estrelas não tivessem explodido, porque os elementos, o carbono, o nitrogênio, o oxigênio, o ferro, todas as coisas que importam para a evolução foram criados no começo dos tempos. Eles foram criados nas fornalhas nucleares das estrelas e a única maneira deles chegarem ao seu corpo é se as estrelas forem gentis o suficiente para explodir. Então esqueça Jesus, as estrelas morreram para que você estivesse aqui hoje."
(Lawrence Krauss - Físico norte americano)


Parei tudo pra pensar na poeira estelar compondo nossos corpos e emprestando forma a tudo que vemos. Já há poesia em toda parte. E também miséria Não precisamos de Deuses pra nada.

Um comentário: