sábado, 24 de dezembro de 2011

Bem, agora é Natal. Pra valer!

Anjos - Marc Chagall

Chegou o Natal, de novo! 
Acordei e corri pro computador escrever. 
Essa época do ano me deixam mais leso, bi-doente e mole. Enfim, sou previsível rs Nessa previsibilidade, frente ao Natal sempre me acho nos balanços e retrospectivas, Natal é floyd, libera esses maquinismos de pensamento com uma força durkheimiana, e percebo simplesmente que não consigo estar bêbado tanto tempo para superá-la. Então, uma hora os balanços me arrancam de alguma paz que pensei ter conquistado, através de um meticuloso projeto de hedonismo, e impõe as cenas, sensações, situações e emoções nas quais e pelas quais me engalfinhei nesses últimos 12 meses, a começar pelas próprias comemorações e balanços do ano passado. 
Nesse momento ouço Cidadão Instigado, e penso que não poderia haver nada mais inspirador em sua cearensidade, pra me fazer falar do meu débito de sempre para com meus amigos: cada conversa, telefonema, SMS, encontro, e-mail e, agora, até Facebook (pois é, tenho Facebook, o mundo está acabando, vocês não sabiam?) 
Todas os as solicitações desesperadas (ou nem tanto rs), generosa e prontamente atendidas: atenção, ajuda, dúvidas, medos, esclarecimentos, opinião, socorro. Só tendo amigos como vocês pude passar por tudo. Diante de tudo só posso agradecer pra sempre pela nossa amizade, e por tudo que nos une, e fazer votos que perdure e melhore pra sempre. 
Nesse momento meu desejo é o de dar um fortíssimo abraço e beijo em cada um, tomar uma cerveja gelada na praia nesse belo dia de Sol e rir horrores das narrativas da minhas últimas leseiras, mas... vocês precisavam estar espalhados por tantos Estados?! rsrs

Sei que 2011 foi pau pra muitos de nós em muitos momentos, e que muita coisa não deixará lá tantas saudades e, olhem que adoro saudades! Mas por outro lado, sei também e carregarei pra sempre o sorriso de vocês em tantas situações incríveis nas quais a vida parecia convencer-nos com toda facilidade que "navegar é preciso"...

Desejo um 2012 muito mais venturoso e feliz para todos vocês. E que "em um claro instante", num belo dia de dezembro do ano que se inicia possa, como sugere Rita Lee, lhes ligar "Pra lhe dizer que aquele sonho cresceu"!

Obrigado!

"Só pra quem tem Multishow"rsrs, claro!

Do sempre de vocês,

Van.

Nenhum comentário:

Postar um comentário