quarta-feira, 20 de junho de 2012

Amanheceu. E ficou um vazio, pra sempre.

Em memória de Briggida Lourenço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário